12 de jul de 2017

  • “STF PODERIA SER DESTITUÍDO POR CRIMES CONTRA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA”.


    Resultado de imagem para stf

    O Supremo Tribunal Federal é composto por onze Ministros, brasileiros natos (art. 12, § 3º, IV, da CF/88), nomeados pelo Presidente da República, após aprovação da escolha pela maioria absoluta do Senado Federal (art. 52, III, da CF/88). Sua função institucional fundamental é de servir como guardião da Constituição Federal de 1988, e importante ressaltar que a corte escolhida por uma autoridade que ocupa o cargo de chefe do país, pela forma da lei, não seria irregular a escolha de cada ministro, porem a forma como são escolhidos fica sob suspeita, pois o presidente da republica tem aliados no senado federal os quais dão seu voto para aprovação dos ministros, fica bem claro que a votação também é um negocio fechado pelo presidente e os parlamentares, os quais sabem que a suprema corte julga os crimes cometidos pelas esferas representativas dos três poderes, pois pelo voto de cada senador, os ministros ficam sob suspeita de vínculos políticos e estariam impedidos de jugarem os réus por seus crimes, atualmente o muitos crimes cometidos por parlamentares passam muitos anos sem o julgamento e entram na prescrição, e outros processos são negociados diretamente com os ministros do supremo, pois os mesmos só podem ser julgados impitimados pelo senado federal, juízes conhecidos por ministros da impunidade, cometem crimes contra a honra dos brasileiros, dando impunidade a políticos que praticam corrupção, aprovam leis que são ilegais ao erário publico, modificam leis que punem severamente corruptos, atendem decisões de partidos os quais são ligados, tanto pela indicação quanto suas negociações, negam provimentos de leis que dão suporte a sociedade brasileira, interferem em outros juízos que estão na competência de suas instancias, procrastinam processos judiciais de interesses políticos para que os mesmo percam sua validade jurídica, ferindo os artigos da constituição brasileira, todos os ministros representam o interesse de partidos políticos, fazendo tudo que é para ser feito, para salvar conforme a solicitação de seus indicadores, cada um foi chamado para cumprir o que é de interesse dos políticos, não foram escolhidos pelo povo brasileiro, não representam a classe da sociedade, mais interferem na vida dos brasileiros sem dar o direito de cada um opinar pelo apoio popular de decisão. abaixo em descrição a origem de cada ministro:
     Dias tofili foi consultor jurídico do Departamento Nacional dos Trabalhadores Rurais da Central Única dos Trabalhadores (1993 – 1994).Foi advogado do PT nas campanhas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
      Teori Zavascki Em 2012, foi indicado pela presidente Dilma Rousseff para ser ministro do Supremo Tribunal Federal (STF),
       Luís Barroso Em 23 de maio de 2013, a presidente da RepúblicaDilma Rousseff, indicou-o para o supremo federal.
     Gilmar mendes Foi indicado pelo então Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso.
     Ricardo Lewandowski Em 2006, foi indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal.
     celso de mello  Em 1989, Celso de Mello foi indicado por Sarney para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal.
     Carmen Lúcia foi indicada pelo então presidente Luis Inácio Lula da Silva para ocupar a vaga então do ministro Nelson Jobim.
     Rosa weber   Em 8 de novembro de 2011 foi indicada formalmente pela presidente Dilma Rousseff para a vaga deixada pela ministra Ellen Gracie.
    luiz fux  Em 1º de fevereiro de 2011, foi indicado pela Presidente Dilma Rousseff para ocupar uma cadeira do Supremo Tribunal Federal.
     Marco Aurélio foi nomeado em maio de 1990 pelo presidente Fernando Collor de Mello, seu primo, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal.
     Edson Fachin Em 14 abril de 2015, foi indicado pela presidente Dilma Rousseff para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).
    a indicação do PT – Partido dos trabalhadores foi a maior, pois 8 ministros são petistas, significa que todos os crimes que o partido dos trabalhadores cometeram serão arquivados, perdoados ou procrastinados, como exemplo dos processos do mensalão conforme os noticiários:
    ”Ministro do STF perdoa pena de seis condenados no mensalão
    Foram liberados Jefferson, Rodrigues, Henry, Queiroz, Samarane e Tolentino.
    Ministro Barroso considerou que eles atendem a requisitos para indulto”.
    ”Ministro do STF concede a Delúbio Soares perdão de pena no mensalão
    Também nesta quinta-feira, plenário perdoou pena de João Paulo Cunha.
    Delúbio foi condenado a 6 anos e 8 meses de prisão, mas cumpria em casa”.
    ”STF perdoa pena do ex-deputado Valdemar Costa Neto no mensalão
    Cacique do PR pegou sete anos e dez meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro”
    conforme estes julgamentos petistas foram perdoados pelos crimes que cometeram contra a honra dos brasileiros sabendo -se que o ministro barroso é petista pois o mesmo foi designado pela presidente da republica.
    ”Fachin manterá o voto secreto para a eleição da Comissão Especial na Câmara e será responsável por analisar o pedido que. Se o pedido for aprovado pelos deputados, o Senado não poderá arquivá-lo. este também é outro ministro escolhido para proteção do PT.mais um ministro interferindo na casa legislativa”.
    ”Delcídio cita quatro nomes de ministros do STF em conversa que gerou prisão
    Os ministros Teori Zavascki, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), seriam os interlocutores para um possível habeas corpus de libertação de Nestor Cerveró, ex-dirigente da Petrobras, preso por corrupção”.
    um outro exemplo de interesse politico os quais ministros negam as afirmações em audio flagrado na conversa do senador Delcidio.
    ”Sérgio Machado, então, questiona o motivo de Dilma “não negociar” com integrantes do Supremo. O senador responde: “Porque todos [os ministros do STF] estão putos com ela”, enfatizou.
    ”Às escondidas, em Portugal, Dilma e Lewandowski discutem Operação Lava Jato e impeachment.A acreditar-se em José Eduardo Cardoso, ministro da Justiça, ele, a presidente Dilma Rousseff e o ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), estariam decidindo como ficaria os processo a da lava jato que estaria crescendo cada vez mais prendendo políticos ligado ao governo e a mando do PT em Portugal em um apartamento reservado, tentaram fazer isso sem a imprensa, mais foram descobertos.
    ”Dias tofili decide retirar processo de gleisi hoffmann da republica de curitiba remetendo para são paulo alegando que o crime foi cometido neste outro estado”.
    ”Dias Tofili revoga prisão de marido de gleisi hofmann”.
    sabendo-se que o esposo da senadora não tem foro privilegiado e mais uma vez ministro Dias tofili interferem na instancia a qual não ordena juridicamente.
    cada ministro representa a parte que comanda o país, recebem ordens para atuar em tudo que o PT, PMDB, PSDB e demais aliados consigam se manter no poder, atualmente TEORI relator da lava jato, só tem autorizado as operações do juiz Sergio moro, porque sabe que muitos estão comprometidos com o crime organizado, é preciso que os brasileiros façam manifesto para a saída daqueles que blindam e protegem os bandidos que cometem crimes contra o País sendo todos perdoados por estes ministros, conforme os dispositivos da constituição brasileira, todos tem o direito de pedir investigação ao poder que esta lesando a pátria.
    Fonte https://reacionariosblog.wordpress.com/2016/07/08/stf-podera-ser-destituido-por-crimes-contra-constiuicao-brasileira/


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.