23 de out de 2016

  • 'OS RUSSOS ESTÃO CHEGANDO!': PASSAGEM DE NAVIOS DE GUERRA NO CANAL DA MANCHA CAUSA HISTERIA NA MÍDIA BRITÂNICA


    Porta-aviões russo, Admiral Kuznetsov nas águas internacionais da Noruega, 1 9 de outubro de 2016

    A passagem de um grupo de navios de guerra russos através do Canal da Mancha com destino à Síria causou um enorme rebuliço na mídia britânica. A imprensa do Reino Unido acompanhou o processo, informando sobre a aproximação de navios russos quase de hora em hora.

    A imprensa citou ativamente uma fonte anônima da OTAN, segundo a qual Rússia teria enviado toda a Frota do Norte à Síria, embora para a costa deste país tivesse sido enviado apenas um grupo de navios.

    Oficiais britânicos asseguram que a Rússia não pegou Londres de surpresa e que a Marinha do Reino Unido vai acompanhar os acontecimentos "em regime normal". Mas a mídia, especialmente a mais sensacionalista, tem publicado matérias com manchetes assustadoras uma atrás de outra.

    O tabloide The Sun advertiu: "Os Russos estão chegando. Os navios de guerra nucleares de Vladimir Putin estão se movendo em direção ao Canal da Mancha e a Marinha do Reino Unido está pronta para dar o alarme". "Flotilha de navios nucleares russos flagrada saindo da base e se dirige para a Grã-Bretanha", escreveu o jornal.



    "A Rússia promete resposta dura às novas sanções, enquanto seus navios de guerra se aproximam da Grã-Bretanha" assim Daily Star decidiu juntar duas notícias pouco ligadas entre si. A edição até advertiu que a frota russa pode "cercar" a Grã-Bretanha e que começou a "contagem regressiva para a Terceira Guerra Mundial".

    Atenção particular merecem os "planos de interceptação" de navios russos, descritos por todos os tabloides ingleses sem exceção.



    As manchetes se tornavam a cada momento mais assustadoras: "Com quem você quer brincar, 'mister' Putin? A Marinha inglesa promete não perder de vista a frota de Vladimir Putin," assim apresentou o The Sun a declaração do Ministério da Defesa britânico sobre a passagem da flotilha.

    O Daily Express aumentava a pressão da situação informando sobre a aproximação dos navios: "A potência nuclear russa bate à nossa porta: a temível frota nuclear de Putin está a 10 quilômetros de Dover".

    "Os russos estão perto. Heróis da Marinha real observam frota nuclear de Putin", escreveu The Sun. Quando, finalmente, os navios entraram no Canal da Mancha, a edição já falava sobre "invasão". O Daily Mail reagiu à aproximação do grupo naval russo com um aviso belicoso. "Cuidado, russos. O destroier mais moderno da Marinha britânica faz a frota de Putin sair do Canal da Mancha”. O tabloide até publicou a opinião de uma testemunha, Nigel Scutt, que acompanhava os navios no estreito. "Eu nunca vou esquecer este dia <…> conseguimos chegar muito perto. Hoje em dia, é quase impossível ver uma frota tão ameaçadora de navios de guerra, isso é foi impressionante", disse ele.


    Fonte: Sputnik
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.