31 de out de 2016

  • Hermenêutica X Exegese – Qual a diferença?



    É muito comum entre teólogos, estudiosos da Bíblia, ou em pregações, a citação destas duas palavras, Hermenêutica e Exegese. São sempre utilizadas quando relacionadas à interpretação das Escrituras. Mas, você sabe qual o significado delas? Sabe a diferença entre uma e outra?
    Etimologicamente, a palavra Hermenêutica tem origem grega, que primariamente tem o significado de interpretar, expor, explicar. Já a Exegese, é aparentemente semelhante, significa extrair do texto, interpretar, arrancar para fora do texto o que ele significa. Entretanto, apesar dos conceitos serem muito parecidos há uma significativa diferença entre as duas palavras, tanto no conceito quanto na aplicação, tais aspectos são extremamente relevantes para aquele que quer analisar as Escrituras de forma correta.
    Utilizando-se dos vernáculos lingüísticos, a exegese tem a função de dar clareza ao texto, analisando o seu significado de forma objetiva e profunda, sendo que essa especificidade pode-se dar tanto a um texto, quanto a uma frase, ou a uma palavra. Isso denota extrair do texto aquilo que ele significa de forma literal.
    A hermenêutica já tem uma essência mais ampla, pois abrange outros aspectos, tanto quanto às generalidades, ou quanto às especificidades. Isso significa dizer que a hermenêutica analisa não somente o texto, mas também o contexto, tornando-se imprescindíveis elementos como fator histórico, momento político em que o texto ou livro fora escrito, fator social, cultura, econômia, etc. A hermenêutica também tem entre seus principais aspectos a semântica, algo que é imprescindível à exegese, logo, podemos dizer que a exegese é extremamente relevante para a execução da hermenêutica.
    Como vimos, apesar dos sinônimos aparentarem semelhança, entendemos que há diferença entre as duas palavras, mas, o que é indiscutível, é que ambas, tanto a hermenêutica quanto a exegese, são ferramentas importantes na interpretação e elucidação das Escrituras. Que você possa aprimorar essas duas técnicas, e aplicá-las na busca do conhecimento da Palavra, como diz em João 5.39, “Examinai as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;”.
    Via https://dicas.gospelmais.com.br/hermeneutica-x-exegese-%E2%80%93-qual-a-diferenca.html
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.