1 de mai de 2016

  • China abandona Dilma e agora torce pelo impeachment


    Após firmar acordos bilionários (R$ 53 bi) com o governo do PT, ser a grande compradora nos leilões de privatizações promovidos às pressas para cobrir o déficit do governo e as famosas pedaladas fiscais, a China agora abandona Dilma a própria sorte.

    O CEO (Chief Executive Officer) do Grupo Lifan, Mu Gang, afirmou em entrevista a um grupo de jornalistas brasileiros que o empresariado chinês torce para a saída da presidente Dilma Rousseff. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    "As pessoas estão felizes com a possibilidade, pois isso poderá trazer a estabilidade econômica para o mercado brasileiro voltar a crescer", afirmou Gang.

    Para o empresário, um novo governo sob o comando de Michel Temer trará também mudança na política governamental e possíveis reformas que criarão oportunidades de retomada do mercado. Ele ainda destacou, buscando amenizar a declaração de apoio irrestrito ao pedido mesmo sem conhecimento do jogo político que a base para o discurso são as notícias que chegam ao país asiático, que mostram o desemprego no Brasil atingindo em 10 milhões e a inércia do governo em aprovar reformas importantes para retomar o crescimento.
    Mais sobre o assunto:
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.