2 de abr de 2016

  • (vídeo) MST toca o TERROR no Brasil: MST cumpre promessas e destrói fazenda e saqueia casas de trabalhadores a mando do PT

    guangue do PT


    MST inicia 'Abril Vermelho' com duas invasões no Pontal do Paranapanema


    MST invade cidade e manda fechar o comércio: Ocorreu hoje, 04/04, vejam no face, clique aqui

    Integrantes do MST invadiram nesta sexta-feira (1º) a Fazenda Nazaré, em Marabá Paulista (Foto: Clédson Mendes da Silva/Cedida)
    Integrantes do MST invadiram nesta sexta-feira (1º) a Fazenda Nazaré, em Marabá Paulista (Foto: Clédson Mendes da Silva/Cedida)


    O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiu nesta sexta-feira (1º) as fazendas Nazaré, em Marabá Paulista, e Santa Cruz, em Mirante do Paranapanema, e deu início à mobilização chamada de “Abril Vermelho”, neste ano, na região do Pontal do Paranapanema.

    Leiam também: COM E-MAIL QUE PROVA TUDO, MINISTRO ENTREGA LULA DE BANDEIJA A PF

    No total, segundo o líder sem-terra Clédson Mendes da Silva, coordenador nacional do MST, mais de 300 pessoas participaram das duas ações – 200 em Marabá Paulista e 120 em Mirante do Paranapanema.
    O grupo reivindica a destinação das duas propriedades rurais para a implantação de assentamentos da reforma agrária.
    Ainda conforme o coordenador nacional do MST, o objetivo do “Abril Vermelho” é lembrar o massacre de 19 trabalhadores rurais sem-terra ocorrido em 17 de abril de 1996, em Eldorado dos Carajás, no Pará. Ele salientou que estão programadas outras atividades pelo MST para o transcorrer deste mês.
    Ambas ações foram confirmadas pela Polícia Militar.
    De acordo com a PM, cerca de 180 pessoas estão na Fazenda Nazaré. O Boletim de Ocorrência foi registrado pelo administrador da propriedade rural, assim como a ação de reintegração de posse. De acordo com o advogado da fazenda, Marcelo Cerqueira, a Justiça da Comarca de Presidente Venceslau já concedeu a liminar para a desocupação do local e os ocupantes terão 48 horas para sair da área. "Este mesmo grupo já invadiu a fazenda em outras oportunidades. Os proprietários esperam que a desocupação seja pacifica", frisou.
    A Policia Militar informou que, quando esteve na Fazenda Santa Cruz, se deparou com cerca de 30 pessoas que montavam acampamento no local. O administrador da propriedade foi até a Delegacia da Polícia Civil para registrar o Boletim de Ocorrência e entrará com a ação de reintegração de posse. O G1 não conseguiu contato com nenhum representante da propriedade rural.
    (Com a colaboração de Darla Freitas, da TV Fronteira).
    Integrantes do MST invadiram nesta sexta-feira (1º) a Fazenda Nazaré, em Marabá Paulista (Foto: Clédson Mendes da Silva/Cedida)Integrantes do MST invadiram nesta sexta-feira (1º) a Fazenda Nazaré, em Marabá Paulista (Foto: Clédson Mendes da Silva/Cedida)Via G1
    2
    guangue do PT
    guangue do PT
    “Urgente, bandidos Vermelhos começam a cumprir ameaças  que fizeram ontem sexta-feira 1, ao lado de Dilma. Fazendas produtivas começam ser invadidas. Máquinas, carros e casas dos trabalhadores são incendiados pelos bandidos em Fazenda no Pará, com apoio do PT.
    Que país é esse que agora está sobre ordens de bandidos que são custeados com nossos impostos, ate quando o povo brasileiro vai ficar a mercê de bandidos ptisitas, parece que eles são as leis desse país ate esse momento nenhuma autoridade se manifestou contra esses bandidos apoiados pelo o PT.
    Para que serve 513 deputados federais, para que serve 81 senadores, será só para receber o contracheque no final do mês, o STF cruzam os braços diante desta situação, cadeia nesses bandidos urgente isso é que os brasileiros de bem querem.
    Qual investidor vai ter coragem de investir  em país que que bandidos da ondem e cumpre, será que o “SAPO BARBUDO” tinha razão quando falou que temos um “senado acovardado, uma câmara acovardada, um STF acovardado, dar impressão que o “sapo barbudo” tinha razão, os bandidos ameaçam e dia seguinte cumpri com as ameaças e ninguém faz nada finge que tudo está bem.
    Vídeo


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.