12 de abr de 2016

  • PARÓQUIA EM TAGUATINGA RECEBEU PROPINA DE GIM ARGELLO, DIZ PROCURADOR


    GIM ARGELLO FREQUENTA PARÓQUIA SÃO PEDRO, EM TAGUATINGA SUL. FOTO: FACEBOOK

    MPF DIZ QUE TRANSAÇÃO PODE INDICAR LAVAGEM DE DINHEIRO

    Outro elemento importante surgiu nesta terça-feira (12) nas investigações da 28ª fase da Operação Lava Jato, Vitória de Pirro. A força-tarefa identificou um pagamento único de R$ 350 mil do ex-senador Gim Argello (PTB) à Paróquia São Pedro, em Taguatinga Sul, comandada pelo padre Moacir Anastácio. De acordo com o procurador da República Athayde Ribeiro Costa, foi criada uma conta corrente na igreja apenas para receber o dinheiro.
    Segundo o procurador do Ministério Público Federal Carlos Fernando dos Santos, "uma paróquia é muito suscetível de receber grande quantia de dinheiro em espécie. A paróquia atualmente é alvo de investigação". O procurador disse ainda que esse montante "pode indicar lavagem de dinheiro".
    Gim Argello é amigo do padre Moacir Anastácio, responsável pelo evento Pentecostes, realizado em Taguatinga uma vez por ano e que reúne milhões de pessoas em três dias. Em sua página pública no Facebook ele faz questão de demonstrar a amizade e a fé pela na paróquia.
    O delegado da PF Igor Romário destacou que as investigações em relação à igreja continuam e que ela é objeto de apuração.

    Via Diário do Poder 
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.