26 de abr de 2016

  • Nova delação revela toda a verdade sobre palestras milionárias, sítio e tríplex. Lula vai ser preso



    Os depoimentos que Marcelo Odebrecht, começou a prestar a Lava Jato, em regime de delação premiada, há cerca de duas semanas em Curitiba, onde está preso, começou a prestar depoimentos à Lava Jato, são mortais para Lula, segundo o Estadão.
    “Os procuradores esperam detalhes sobre a corrupção em outras áreas do governo, além da Petrobras. Outro ponto essencial para uma eventual homologação do acordo é que o empresário revele informações sobre pagamentos de palestras, doações e reformas feitas em benefício de Luiz Inácio Lula da Silva”.
    A avaliação explosiva que faz o blog O antagonista do resultado dessa delação é simples: “Marcelo Odebrecht vai sair da cadeia e Lula vai entrar em seu lugar”.
    A coluna Radar, da Veja, por seu lado, traz noticias desastrosas para o PT. “Os procuradores da Lava Jato e as defesas de Léo Pinheiro e Marcelo Odebrecht praticamente fecharam a lista de temas das delações dos dois empreiteiros”.
    “O ex-presidente da OAS topou jogar a pá de cal nos três casos de Lula: tríplex do Guarujá, sítio em Atibaia e pagamentos de palestras. Já a delação da Odebrecht aniquila Dilma Rousseff”.
    O Antagonista só acrescenta um dado fundamental: “de acordo com Léo Pinheiro, as palestras de Lula foram contratadas em troca de empréstimos do BNDES para obras da empreiteira no Brasil e no exterior”.

    http://tvmegafone.com.br/pf-investiga-escandalo-que-envolve-os-irmaos-ciro-gomes-e-cid-gomes/


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.