16 de mar de 2016

  • Tentando fugir da Lava Jato - Governo oficializa em nota Lula no comando da Casa Civil


    Palácio do Planalto divulgou comunicado na tarde desta quarta-feira

    Jornal do Brasil
    O Palácio do Planalto oficializou, no início da tarde desta quarta-feira (16), o ex-presidente Lula no comando da Casa Civil, por meio de comunicado assinadopela Secretaria de Comunicação da Presidência da República.
    Com a entrada de Lula, Jaques Wagner deixa a Casa Civil para assumir a chefia do Gabinete Pessoal da Presidência da República. 
    Outra mudança na Esplanada dos Ministérios será na Secretaria de Aviação Civil, que será assumida pelo deputado federal Mauro Ribeiro Lopes.
    Planalto confirmou Lula na Casa Civil
    Planalto confirmou Lula na Casa Civil
    Veja a nota do Palácio do Planalto: 
    A Presidenta da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro de Estado Chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, deixará a pasta e assumirá a chefia do Gabinete Pessoal da Presidência da República.
    Assumirá o cargo de Ministro de Estado Chefe da Casa Civil o ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.
    Assumirá, ainda, o cargo de ministro de Estado Chefe Secretaria de Aviação Civil, o deputado federal Mauro Ribeiro Lopes.
    A presidenta da República presta homenagem e agradecimento ao Dr. Guilherme Walder Mora Ramalho pela sua dedicação. 
    Secretaria de Imprensa
    Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
    Líder do governo na Câmara antecipou notícia
    O líder do governo na Câmara Federal, deputado José Guimarães (PT), antecipou em sua conta no Twitter, na manhã desta quarta-feira (16), que Lula iria para a Casa Civil. 
    "Ministro Wagner no dia do seu aniversário mostra grandeza e desprendimento ao deixar a Casa Civil! Lula novo ministro da pasta!"
    Lula e Dilma tiveram uma longa conversa na noite de terça-feira sobre o assunto. A reunião foi retomada na manhã desta quarta-feira, no Palácio da Alvorada 
    A ida de Lula para o governo melhoraria o poder de negociação num momento de grave crise política, na opinião de líderes do PT e parlamentares da bancada no Congresso. Outra corrente afirma que seria uma forma de o ex-presidente pôr obstáculos sobre uma possível prisão, devido ao foro privilegiado, o que prejudicaria ainda mais a imagem do governo. Contudo, o fato de o Supremo Tribunal Federal já ter julgado e condenado petistas com foro privilegiado tira a força do argumento de que Lula estaria tentando evitar uma possível condenação.
    Mudanças em vista no comando do Banco Central
    Especula-se que a chegada do ex-presidente Lula ao governo de Dilma sinaliza para outras mudanças. Uma delas seria a troca do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, por Henrique Meirelles, que já esteve no comando da instituição durante o governo Lula.
    Há receio de Tombini a uma possível guinada na política econômica, cujo teor seria a redução da taxa de juros e a venda de parte das reservas internacionais, que hoje totalizam US$ 372 bilhões, para investimentos e pagamento da dívida pública.
    via JORNAL DO BRASIL 
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.