23 de mar de 2016

  • MORO É CONDECORADO PELAS FORÇAS ARMADAS E RECEBE PROTEÇÃO DO SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA DO EXÉRCITO


    JUIZ SERGIO MORO É CONDECORADO PELAS FORÇAS ARMADAS E JÁ RECEBE PROTEÇÃO DO SERVIÇO RESERVADO DO EXÉRCITO

    Solenidade no 20º Batalhão de Infantaria Blindado de Curitiba, quando o juiz Sergio Moro recebeu medalha do Exército em nome das Forças Armadas. Foto: Rede GNI

    Matéria veículada pelo blog Rede GNI – Globo News Informação, revela que o Juiz Sergio Moro, foi condecorado pele Exército em nome das Forças Armadas, em solenidade realizada no 20º Batalhão de Infantaria Blindado, de Curitiba. Além disso o magistrado já recebe proteção do serviço reservado de inteligência do Exército. Transcrevo o post da Rede GNI:

    Muitos leitores perguntam aos repórteres e jornalistas da REDE GNI, nas ruas, na redação ou por telefone, em quem os militares vão depositar a sua confiança, em todo o imbróglio daLava Jato.

    A resposta foi dada pelas próprias Forças Armadas Brasileira.

    O Juiz Federal Sergio Moro foi condecorado pelo Exército em nome das Forças Armadas em solenidade realizada no 20º Batalhão de infantaria Blindado, Curitiba (PR).

    Ele foi condecorado com a Ordem do Mérito Cívico, concedida pela Liga Militar de Defesa Nacional.

    Moro é responsável por julgar os processos da Operação Lava-Jato, e tem levado vários, antes intocáveis, bandidos de colarinho branco, para trás das grades.

    O mais curioso é que recentemente o magistrado se recusou a receber uma honraria ofertada pela Câmara Federal em Brasília.

    Fonte presentes ao evento, presenciaram o momento em que generais de alta patente afirmaram a Sergio Moro:

    – “Excelência, pode trabalhar com tranquilidade, pois estaremos protegendo Vossa Excelência e sua família. Nosso serviço reservado de inteligência estará à sua disposição“.

    Fontes do Exército confirmam que Moro aceitou e está sendo protegido pelo Exército, a fim de evitar atentados contra o magistrado e sua família.

    O evento também recebeu a presença de autoridades da Aeronáutica. Do Blog Rede GNI – DO A.AMORIM

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.