28 de mar de 2016

  • Dilma, acusada de crime, passa a ser investigada no STF

    - Ao enviar ao STF inquérito sobre marqueteiros do PT, Sérgio Moro confirma suspeitas
    Dilma acusada de crime. Ao enviar ao STF inquérito sobre marqueteiros do PT, Moro confirma suspeitas O juiz federal Sérgio Moro decidiu enviar ao Supremo Tribunal Federal (STF) não apenas os autos da busca e apreensão da superplanilha da Odebrecht, mas também decidiu remeter os inquéritos relacionados ao casal de Marqueteiros do PT. O magistrado confirmou nesta segunda-feria, 28, que será remetida à Corte Supremo toda a investigação sobre o marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica Moura. Isto significa que a Operação Acarajé apontou conexão criminosa entre a presidente Dilma Rousseff e o setor de Operações Estruturadas da Odebrecht que repassou R$ 22 milhões aos seus marqueteiros (Operação Dona Xepa). Neste caso, apenas o STF possui autoridade para investigar a presidente da República, que por sua prerrogativa de foro, só pode ser julgado no STF por crimes comuns e, no Senado, por crimes de responsabilidade. Caberá ao STF decidir se fatia os inquéritos e devolve a Curitiba os processos que não tenham autoridades com foro privilegiado, excetuando os casos envolvendo a presidente Dilma.


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.