21 de mar de 2016

  • APROXIMADAMENTE 30% DOS GRAMPOS DE LULA AINDA NÃO FORAM DIVULGADOS


    Após o jornalista Ricardo Noblat anunciar em seu Twitter uma suposta bala de prata que mataria Lula de vez, uma gravação na qual o ex-Presidente tramaria "dar um jeito" em Sérgio Moro, as redes sociais entraram em polvorosa. Questionado, Noblat respondeu que Moro dispunha da gravação. Este Sul Connection ouviu com exclusivdade um Procurador da República com acesso aos bastidores da Lava-Jato. Falando em off, ele confirmou: até agora foram divulgadas, no máximo, 70% das gravações envolvendo o ex-Presidente. Aproximadamente 30% seguem em sigilo. O motivo? Proteger a segurança de Sérgio Moro e dos demais envolvidos na Operação Lava-Jato.
    Quem acompanha de perto os passos da Lava-Jato em Curitiba também notou algo diferente desde a semana passada. Moro, um juiz tranqüilo e avesso a grandes aparatos de segurança, aumentou sensivelmente a sua própria escolta. As medidas de proteção em suas chegadas e saídas na 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba também se tornaram mais detalhadas, buscando aumentar o cordão de proteção em torno do juiz.
    Para o Procurador ouvido pelo Sul Connection, a possibilidade da gravação anunciada por Noblat existir não é pequena.
    Caso exista, com a liminar de Gilmar Mendes garantindo o processo sob tutela de Sérgio Moro, a prisão de Lula deve estar muito mais próxima do que os petistas gostariam.

    AUTOS JÁ ESTÃO COM MORO. LIMINAR DE GILMAR MENDES DETERMINOU A ENTREGA.

    O ex-jornalista Paulo Henrique Amorim, sequer mencionado como alguém útil ao esquema petista nas diversas gravações reveladas até aqui, não cansa de lamber as botas do maior esquema criminoso da história do país. Em seu site, ConversaAfiada, garante que Moro não pode prender Lula porque os autos da Lava-Jato estariam em Brasília. Como quase tudo que Amorim é escreve, é mentira.
    Ao contrário do século XX, onde os autos consumiam espaços gigantescos para serem armazenados, há tempos a Justiça Federal adota a prática dos autos digitalizados. Isso significa que cópias deles sempre são feitas e seu transporte e devolução é super simples. Um pen-drive faz o papel que antigamente era de um prédio inteiro.
    Ou seja: se assim o desejar, Sérgio Moro pode sim expedir um mandado de prisão contra Lula já na segunda-feira pela manhã.

    Quem seria o interlocutor de Lula na gravação bala de prata?

    Uma grande dúvida que surgiu com a notícia da gravação em que Lula tramaria "dar um jeito" em Sérgio Moro é sobre quem seria o interlocutor do outro lado da conversa. Noblat fala em alguém "destes capazes de tudo". Por eliminação, este Sul Connection tem um palpite muito forte: José Rainha Júnior, grande liderança do MST, atualmente "dissidente" do movimento e com uma ficha corrida bastante ilustrativa.
    Rainha já foi condenado por porte ilegal de arma. Em 2008, sua imagem foi utilizada na campanha de um candidato a vereador do Rio de Janeiro, cuja base eleitoral era a favela da Rocinha. Não surpreende que o candidato fosse acusado de ter ligações com o tráfico de drogas.
    Em 2015, uma Vara da Justiça Federal o condenou a 31 anos e 5 meses de prisão por estelionato, formação de quadrilha e extorção. Note-se: uma Vara da Justiça Federal. Moro é um Juiz Federal.
    Rainha, além de se encaixar no perfil "capaz de tudo", de ser membro de um famigerado "movimento social" muito próximo a Lula, teria a motivação pessoal para atacar a Justiça.
    Mas que se registre: é apenas palpite, baseado nos poucos indícios que o próprio Noblat deixou com sua informação e no perfil dos interlocutores com os quais Lula foi pego conversando.

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.