9 de nov de 2015

  • Só o MST tem alvará do governo para fechar estradas - manifestação de caminhoneiros terminou em confusão com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv).


    Organizador de protesto entre Itajaí e Brusque é preso e rodovia é liberada


    "Só o MST tem alvará do governo para fechar estradas sem ser multado e até invadir propriedade alheia"

    Organizador de protesto entre Itajaí e Brusque é preso e rodovia é liberada Lucas Correia/Agencia RBS

    Após sete horas de bloqueio na rodovia Antonio Heil, entre Itajaí e Brusque, uma manifestação de caminhoneiros terminou em confusão com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Perto do meio-dia desta segunda-feira, o líder do movimento foi preso por desobediência. Ele havia atravessado sua carreta no meio da pistapara impedir a passagem de outros caminhões e se recusou a retirá-la após receber ordem dos policiais. Em seguida, a rodovia foi liberada.
    bloqueio na Antonio Heil iniciou por volta das 4h30min, na altura do km 21. Pela manhã, a polícia chegou ao local e conseguiu convencer os mais de 60 manifestantesa liberar a passagem de carros, ônibus e veículos de emergência. Apenas os caminhões carregados eram detidos nos dois sentidos da rodovia e orientados a aderir ao movimento.
     Protesto de caminhoneiros entre Itajaí e Brusque
    Foto: Lucas Correia / Agência RBS

    O caminhoneiro autônomo Adilson Garcia disse que foi parado pelo grupo por volta das 6h30min — ele vinha de São Francisco do Sul para fazer uma entrega em Brusque. Mesmo com o transtorno, o motorista disse que apoia a greve e as causas dos manifestantes.
    — Temos que pressionar a presidente para haver uma mudança no governo, todos os setores estão sendo afetados. É muita corrupção, precisamos mudar o sistema para ver se melhora — disse.
    Dono de uma transportadora, Amilton Cardoso também estava entre os manifestantes nesta segunda-feira. Ele explicou que o protesto não era apenas dos caminhoneiros, mas de todos que querem uma mudança no país:
    — Estamos pedindo que parem com a corrupção e também a saída da presidente Dilma.
    Prisão e confusão
    Antes de ser preso o líder do movimento, Reinaldo da Silva, disse à reportagem que o grupo lutava contra corrupção e os altos impostos pagos no setor de transporte. Segundo ele, o protesto também pedia a saída do governo Dilma.
    A intenção era continuar a manifestação durante os próximos dias. No entanto, por volta das 11h30min os policiais receberam ordem para liberar a rodovia e remover a carreta. Após dar um aviso de 15 minutos ao líder dos grevistas e proprietário do caminhão, os agentes acabaram fazendo sua prisão. Ele teria tentado resistir e chegou a rolar pelo chão com um dos policiais.
    Assista ao vídeo do momento da confusão: Clique aqui


    Vejam também:

    [Vídeo] Caminhoneiros iniciam greve nacional para derrubar o governo corrupto


    Postos de combustíveis fecham em apoio a greve dos caminhoneiros


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.