19 de nov de 2015

  • PETISTA QUE CHEFIAVA O IBAMA EM SANTA CATARINA É PRESO


    Américo Ribeiro Tunes é o superintendente do órgão. Ele é acusado de participar de um esquema de venda de licenças para pescas ilegais.



    Não tá fácil ser petista no Brasil. Às 07h45 da manhã desta quinta-feira, Américo Ribeiro Tunes, superintendente do Ibama em Santa Catarina foi acordado pela Polícia Federal e preso. Ao visualizar a equipe da RBS TV que acompanhava a operação, Tunes começou a berrar: "Só estão me prendendo porque sou petista!". Não será de surpreender que a Rede de Marina Silva adote a defesa destes animais em extinção: os petistas. Da casa de Tunes foram levados computadores e documentos. Logo após a prisão, o Ibama publicou a exoneração do pobre petista do cargo. Outro petista foi preso em Brasília: trata-se do Secretário Executivo interino da Secretaria da Pesca, Clemerson José Pinheiro da Silva.

    Aproximadamente 400 políciais federais e 20 servidores do Ibama cumprem 61 mandados de busca e apreensão, 19 mandatos de prisão preventiva e 26 mandados de condução coercitiva. A operação tenta desbaratar uma quadrilha que atuava no Ministério da Pesca em Brasília e Santa Catarina e no Ibama de Santa Catarina.

    PETISTAS CATARINENSES ILUSTRES CHEFIARAM A PESCA

    O primeiro ministro da Aquicultura e Pesca foi o candidato derrotado do PT ao governo do estado em 2002, José Fritsch. Fritsch foi substituído pelo também petista e seu ex-chefe de gabinete na Prefeitura de Chapecó, Altemir Gregolin. Dando seqüência no domínio catarinense sobre a pasta que deveria cuidar do desenvolvimento de um importante setor da economia nacional, veio Ideli Salvatti. A hegemonia catarinense foi quebrada quando o deputado federal carioca ligado ao ex-ministro José Dirceu, Luiz Sérgio Nóbrega de Oliveira, assumiu o cargo. 

    Luiz Sérgio foi sucedido pelo bispo Marcelo Crivella (PRB), que admitiu que não sabia em que parte do anzol deveria enroscar uma minhoca. Por fim, Crivella entregou o cargo a Hélder Barbalho (PMDB). Hélder tem como principal credencial ser filho do notório Jader Barbalho (PMDB-PA).

    Mesmo com a ascensão de Luiz Sérgio e depois com o cargo passando para aliados, os petistas catarinenses sempre mantiveram rigoroso controle dos cargos de segundo escalão. Foi este aparelhamento no Ministério que permitiu a montagem do esquema que hoje está sendo desbaratado pela Polícia Federal.

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.