2 de out de 2015

  • Cunha ameaça: “Não vou morrer sozinho. Se eu for, vou morrer abraçado com muita gente”



    Cunhaameaca210815a

    Apesar de se declarar “absolutamente sereno” depois da denúncia de ontem, Eduardo Cunha não quer afundar sozinho

    Na denúncia feita ao Supremo Tribunal Federal contra o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pede 184 anos de prisão ao parlamentar.

    Janot  cita casos de corrupção em ao menos dois episódios e mais de 60 casos diferentes de lavagem de dinheiroLevando em conta a soma mínima de cada um dos crimes, a conta chegaria a 184 anos. No entanto, na prática, ele ficaria 30 anos em regime fechado, o máximo permitido pela legislação
    De acordo com o relato de alguns parlamentares que estiveram com ele nos últimos dias, Cunha tem feito ameaças no estilo “não vou morrer sozinho, se eu for, vou morrer abraçado com muita gente”.
    Via BR29

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.