30 de set de 2015

  • Que tipos de pena de morte ainda são praticados no mundo?


    pena-de-morte
    Pergunta do leitor - Adriano Cesar Vaz Filho,
    Guarulhos, SP
    Decapitação, enforcamento, injeção letal, apedrejamento, fuzilamento e cadeira elétrica ainda são métodos de execução em 58 países. Enquanto em lugares como EUA uma pessoa pode ser condenada à morte por homicídio qualificado e atos de terrorismo, em outros não é preciso muito para receber a sentença. No Irã, por exemplo, adultério e homossexualidade são condenáveis a morte. Na China, crimes de fraude fiscal, desvio de verba e tráfico de drogas com armas também. Esses e outros crimes levaram 682 pessoas a serem executadas em 2012, de acordo com o relatório mais recente da Anistia Internacional - organização que luta pelos direitos humanos e contra a pena de morte. O número não conta os óbitos na China (3 mil condenados, em estimativas não oficiais).
    Estados letais
    Países que mais executam por ano*
    CHINA - 3 mil**
    IRÃ - 369
    IRAQUE - 169
    ARÁBIA SAUDITA - 79
    EUA - 39
    SOMÁLIA - 34
    *Anistia Internacional (2013)
    **The Dui Hua Foundation (2012)
    Faces da morte
    Desde a criação da ONU, em 1945, 132 países aboliram a pena capital
    DECAPITAÇÃO
    PAÍSES - Arábia Saudita e Irã
    CRIMES PUNÍVEIS - Homicídio qualificado, estupro, falsa profecia, feitiçaria, assalto a mão armada, homossexualidade e adultério
    Na Arábia Saudita, é a forma de execução mais usada. No Irã, não rola desde 2001. Geralmente, é feita com uma espada. Entre 2007 e 2010, 345 condenados tiveram a cabeça cortada em praça pública. Em um caso específico, a cabeça foi costurada de volta ao corpo, que depois foi pendurado num poste
    APEDREJAMENTO
    PAÍSES - Irã, Somália e Paquistão
    CRIME PUNÍVEl - Adultério
    Na lei islâmica, quem trai o marido ou a mulher deve ser morto assim. As vítimas são colocadas em um buraco e enterradas - mulheres até o pescoço e homens até o quadril. Os réus confessos podem anular a pena caso consigam escapar - o que deixa as mulheres em desvantagem. Quem atira a primeira pedra é a testemunha ou o juiz, caso o crime tenha sido confessado
    INJEÇÃO LETAL
    PAÍSES - China, Guatemala, Tailândia, Taiwan, EUA e Vietnã
    CRIMES PUNÍVEIS - Homicídio qualificado, terrorismo, estupro e traição ao país em caso de guerra
    É a execução mais comum nos 32 estados com pena de morte nos EUA. A maioria das injeções é com pentobarbital, importado. Fabricantes europeus, porém, estariam se recusando a vender a substância para execuções. Em Ohio, em 2013, uma fórmula experimental teria deixado um homem agonizando por 25 minutos antes de morrer
    FUZILAMENTO
    PAÍSES - Bielorrússia, China, Coreia do Norte, Somália, Taiwan, Vietnã, Emirados Árabes Unidos e Iêmen
    CRIMES PUNÍVEIS - Homicídio qualificado, traição ao país em caso de guerra, terrorismo causando morte, adultério, estupro, homossexualidade e ofensas militares
    Na Bielorrússia, um tiro é dado na parte de trás da cabeça do prisioneiro, ajoelhado. No Vietnã, o condenado é amarrado a um poste e um pelotão com cinco atiradores o executa - um policial ainda faz um último disparo na orelha
    ENFORCAMENTO
    PAÍSES - Afeganistão, Bangladesh, Botsuana, Índia, Irã, Iraque, Japão, Paquistão e Sudão
    CRIMES PUNÍVEIS - Homicídio qualificado, terrorismo, adultério e sequestro
    No Afeganistão, em novembro de 2012, 14 prisioneiros foram enforcados. É um dos métodos mais populares, junto ao apedrejamento. Na Índia, é a forma oficial de aplicar as sentenças de pena de morte. Menores de 18 anos na época do crime e mulheres grávidas devem ser perdoados
    CADEIRA ELÉTRICA
    PAÍSES - EUA (alguns estados)
    CRIMES PUNÍVEIS - Homicídio qualificado, terrorismo causando morte, espionagem, genocídio e tentativa de homicídio de jurado ou de testemunha de casos criminais
    Desde janeiro de 2001, somente dez das 683 execuções dos EUA rolaram assim. O método não é mais tão usado no país, já que a injeção letal é considerada uma forma mais "humana" de aplicar a pena de morte. O choque foi usado pela última vez em janeiro de 2013
    Em 2013, o governo do Afeganistão tentou, em vão, aprovar o apedrejamento como pena. Mesmo assim, há muitos casos ilegais desse tipo de execução no país
    Em Taiwan, a morte vem com um tiro à queima-roupa por trás, no coração ou na cabeça - caso o preso queira doar os órgãos

    Fontes Relatório Penas de Morte e Execuções (2012) da Anistia Internacional e The Dui Hua Foundation
    Consultoria Chiara Sangiorgio, especialista em penas de morte da Anistia Internacional
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.