28 de set de 2015

  • Procurador da Fazenda pede impeachment do ministro Toffoli


    Procurador Mateus Faria protocola na mesa do senado pedido de impeachment de ToffoliJoel Rodrigues/ObritoNews/Fato
    A Secretaria-Geral da Mesa do Senado recebeu nesta quinta-feira (09) um pedido deimpeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Antônio Dias Toffoli, por crime de responsabilidade. O pedido foi feito pelo procurador da Fazenda Nacional, Mateus Faria Carneiro, de Santa Catarina, que garante ter um caráter apolítico. “Estou fazendo isso porque me indignei com a situação do país e vejo a necessidade de que os agentes públicos prestem contas ao povo”, afirmou.
    A petição imputa ao ministro crimes de responsabilidade. O principal deles é relativo ao empréstimo no valor de R$ 1,4 milhões, feito por Toffoli no Banco Mercantil do Brasil. “Ele contraiu um empréstimo a juros subsidiados por meio de um contrato bem atípico. Até aí é uma atitude que pode levar a um tipo de suspeita, mas nada concreto. O que temos é que, depois disso, ele julgou, como relator, um caso desse mesmo banco no Supremo. Neste caso, o juiz é impedido, suspeito de julgar casos em que a parte seja credora dele, por motivos óbvios. Independentemente de ser provido o pedido, ao julgar um caso envolvendo o banco do qual era devedor, ele cometeu crime de responsabilidade. São vários crimes que estou apontando aqui”.

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.