28 de set de 2015

  • Israel estaria preparando intervenção na América do Sul sob o pretexto do “narco-terrorismo”?!


    Estava previsto e foi alertado, as riquezas da América do Sul já estavam sob a mira do sionismo internacional há muito tempo. Em vários artigos foi avisado que o sionismo queria ligar o “terrorismo islâmico” com o narcotráfico para conseguir um pretexto e intervir na região sulamericana.
    Qualquer pessoa com acesso à internet pode comprovar em 5 minutos que o terrorismo internacional sempre foi financiado e gerenciado pela CIA, Mossad e Mi6. No Oriente Médio ainda contam com o apoio ideológico de países como Arábia Saudita, Qatar e Kuwait, todos regimes pró-sionismo, pró-EUA e pró-Israel.
    Desta vez querem envolver o “terrorismo islâmico”(criação da CIA/Mossad) com as nações sulamericanas. O site “argentino” ultra-sionista Infobae publicou uma matéria cujo título é: “Terrorismo islâmico na América Latina: o narcotráfico, sua principal fonte de financiamento”.


    O conteúdo não poderia ser outra coisa que acusar o Hezbollá de se financiar com o narcotráfico na Tríplice Fronteira, a cobiçada região do Aquífero Guaraní. Há anos que esta mentira vêm sendo publicada em diversos meios sionistas para fazer propaganda pró-intervenção, justamente nesta região super-cobiçada pela elite global. Para conseguir isto precisam de um pretexto que seja apoiado pela “comunidade internacional”, e o plano é este, inventar que “existem terroristas na Tríplice Fronteira” e que representam uma “ameaça à segurança dos EUA”.
    As potências militares sionistas querem invadir todas as nações que possuem água, pretendem controlar os seus aquíferos, criar a escassez e provávelmente transformar a água numacommodity. O próprio presidente da sionista Nestlé disse que a água não é um direito humano e deveria ser privatizada. Sendo assim, apenas as corporações teriam acesso a este recurso e poderiam negociar a água da mesma forma como o fazem com a saca da soja, a arroba do boi ou inclusive criar uma “OPEP” da água, onde uma elite mafiosa iria fixar o preço do barril d’água.

    Em azul, a localização do Aquífero Guarani, abrangendo os territórios de Uruguai, Argentina, Paraguai e Brasil

    Para desestabilizar a região e usurpar os recursos minerais e energéticos do Brasil(pré-sal) e da Argentina, pretendem cometer o crime via “proxy”, financiando, armando e treinando tropas e milícias chilenas, colombianas e paraguaias.


    Israelenses treinarão tropas paraguaias
    A embaixadora do Estado de Israel em Buenos Aires (Argentina) e concorrente diante a República do Paraguai, Dorit Shavit, se reuniu com o presidente Horacio Cartes para renovar programas de cooperação, entre os que destacou trabalhos de capacitação em segurança interna de nosso país. […]
    Continue lendo:  Clique Aqui

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.