30 de set de 2015

  • Advogados pedem saída de Toffoli do STF, por ligação com réus da Lava Jato






    Advogados protocolaram na última quarta-feira (23) um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. De acordo com o documento, o ministro não pode participar do julgamento dos réus do mensalão e políticos do PT, porque teria ligações com os mesmos.

    A denúncia dos advogados Guilherme Abdalla e Ricardo de Aquino Salles diz:
    "Os denunciantes requerem respeitosamente seja esta denúncia devidamente recebida e processada por esse Senado Federal para fins de ser proclamada sentença que condene o denunciado à perda do cargo de ministro do STF”.

    Tóffoli por sua vez, não se declarou impedido, e participa do julgamento.
    Cabe agora ao Senado Federal, julgar e decidir de deve ou não afastar o ministro.

    Um dos advogados que protocolaram o pedido é ligado ao PSDB, mas o partido nega estar protagonizando a ação. O presidente do partido, deputado Sérgio Guerra (PE) fez questão de ressaltar isso no twitter.

    “Aproveito para esclarecer que o PSDB não está patrocinando a ação que questiona a participação de Dias Toffoli no julgamento do mensalão"...
    “O PSDB não organizou, estimulou e nem tem qualquer responsabilidade por eventuais ações contra qualquer ministro do Supremo Tribunal Federal”, declarou.

    Fonte: http://www.mundodiario.org/2015/09/advogados-pedem-saida-de-toffoli-do-stf.html




  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.