30 de set de 2015

  • Abbas diz na ONU que abandonará tratados de paz com Israel


    'Declaramos que não podemos seguir legalmente os acordos. Israel deve assumir responsabilidades como potência ocupante', afirmou presidente da Autoridade Palestina



     MahnoudAbbas_AFP_483x303.jpg
     
     
    O presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas, disse nesta quarta-feira, 30, em seu discurso na 70ª Assembleia-Geral da ONU, que a entidade deixará de seguir legalmente os tratados assinados com Israel. Entre os pactos, está o Tratado de Oslo, de 1993, que constituiu a AP nos territórios palestinos e prevê uma solução de dois Estados para o fim do conflito na região.

    "Declaramos que não podemos seguir legalmente os acordos assinados", disse Abbas na reunião. "Israel deve assumir todas suas responsabilidades como potência ocupante. O status-quo não pode continuar."

    egundo Abbas, o que o levou a tomar a decisão foi a política israelense de ampliação de assentamentos judaicos na Cisjordânia e o desrespeito aos direitos dos palestinos. 

    "Israel está impondo um sistema de apartheid aos palestinos e de proteção aos assentados. Israel violou a maior parte dos acordos com os palestinos", acrescentou o líder da AP. "Por isso, declaro que como Israel não tem se comprometido aos acordos conosco, não temos outra escolha que não agir."

    Abbas também pediu que a ONU reconheça a Palestina como membro pleno da  entidade. O líder palestino também falou sobre a decisão de denunciar Israel por crimes de guerra na Justiça internacional. "Quem tem medo do  Tribunal Penal Internacional (TPI) não deve cometer crimes", afirmou.

  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.