15 de jan de 2015

  • Textos Avulsos - Alisson Helmms


    "Relaxar Sem Relaxar" 


    Amar a tranquilidade.
    Amar o conhecimento...
    Viver  tranquilo...
    Não viver de ilusões.
    Ter os pés no chão.
    Saber que tudo pode ser em vão... – Que muita coisa não deixa de ser apenas ilusão.
    Saber que não se deve cultivar o ódio, o orgulho e a avareza.  Buscar cultivar fé e amor no coração.
    Aproveitar os momentos bons (inclusive os momentos que estamos a sós com os nossos pensamentos).
    Tornar-se mais tolerante – inclusive consigo.
    Ler bons livros.
    Escrever um ou mais livros.
    Dedicar-se à sublime arte de adquirir e produzir cultura.
    Buscar aperfeiçoar-se cada vez mais na arte que ama.
    Não querer levar qualquer uma pra cama...
    Buscar fazer e cultivar novas amizades.
    Buscar conhecer o mundo.
    Preparar-se para conhecer o mundo...
    Viajar...
    Adentrar em outras culturas.
    Ser livre...
    Não tornar-se escravo das farras ou da boemia.

    Ocupar sempre a mente e não viver de nostalgia.
    Aprender e ensinar sempre uma lição com tudo que nos acontece...
    Buscar o equilíbrio e não se sobrecarregar com nada.
    Buscar amar e ser amado...
    Estar pronto para pegar outro rumo e seguir por outra estrada.
    Respeitar àqueles que nos respeitam e tornar-se indiferente aos que não nos respeitam.
    Viver o hoje e produzir apenas o que estiver dentro da nossa capacidade de realizar hoje.
    Amar a sobriedade.
    Saber viver nessa efêmera sociedade de homens vazios e amantes de si próprios apenas.
    Não amar o narcisismo.
    Desfazer-nos daquilo que nos condena...
    Viver a vida como ela tem que ser:

    Simples, real e plena!


    Alisson Helmms


    ***




    "Imaginar Sem Imaginar"

    “Algo nela me fascina. Não sei porque...
    Algo nela é diferente. Não consigo explicar.

    Pensei em não ligar mais pra mulher alguma durante algum tempo.
    Decidi viver só para mim no momento...
    Mas o diferente sempre nos atrai...

    E imaginar o santo tentar ser profano.
    Imaginar que pode haver mudança de plano...
    ...Saber que nunca ficamos para saber se iríamos mesmo gostar um do outro de verdade...
    E imaginar que a vida é bela e que cada qual tem sua própria beleza, o seu próprio nível de simplicidade, a sua própria visão de mundo e também a sua particular caminhada...
    E imaginar que na vida é mister que tenhamos certo desprezo e alguma tristeza às vezes...
    Imaginar que poderíamos estar juntos... E que podemos estar...
    ‘Imaginar que a vida é uma loucura.’
    Imaginar que temos alguma tentação pelo outro.
    Imaginar que a vida é bela; mas que é breve e que tudo é vaidade...
    Imaginar em viver um amor de verdade...

    Tudo é imaginação.
    Imaginação que procede do nosso misterioso coração”.

    Alisson Helmms


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.