9 de fev de 2014

  • Marco Aurélio lança Barbosa à presidência




    "Em entrevista, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, faz uma "inconfidência"; diz que seu colega Joaquim Barbosa lhe abriu um segredo: o de que estaria prestes a deixar o STF; "por aqui se ventila muito que ele esteja para sair para se candidatar", afirma; "que seja feliz na nova seara"; Mello também aponta um "desgaste institucional" nos doze anos do PT no poder e se defende da decisão mais polêmica de sua carreira, que foi o habeas corpus que permitiu a fuga de Salvatore Cacciola; "tomaria a mesma decisão novamente"; Barbosa também consultou o STF sobre os benefícios a que teria direito em caso de aposentadoria precoce


    Brasil 247

    O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, revela: Joaquim Barbosa deve deixar o comando da instituição para se lançar à presidência da República.
     
    A inconfidência foi feita numa entrevista ao jornalista Cabral, publicada na edição deste fim de semana da revista Veja.

    – O senhor acha que Joaquim Barbosa deixará o Supremo para se candidatar a presidente da República? – questiona Cabral.

    – Eu o vejo um pouco cansado do dia a dia do Judiciário. Posso cometer uma inconfidência porque ele não me pediu que guardasse reserva. Ao entrar para a sessão final do ano judiciário de 2013, ele me disse que já estava participando daquela sessão pela décima-primeira vez. E afirmou que para ele já estava de bom tamanho. Por aqui se ventila muito que ele estaria para sair para se candidatar. Que ele seja muito feliz na nova seara – responde Marco Aurélio.

    Na mesma entrevista, Marco Aurélio Mello aproveitou para fustigar o Partido dos Trabalhadores. "Temos de admitir a realidade: houve um evidente desgaste institucional nesses doze anos de governo do PT. Com ataques inaceitáveis ao Ministério Público, ao Judiciário e à liberdade de imprensa".

    Ele também se defendeu de sua decisão mais polêmica: o habeas corpus que permitiu a fuga do banqueiro Salvatore Cacciola. "Sempre estive com a consciência muito tranquila. Se precisasse, tomaria a mesma decisão novamente."

    Na mesma edição da revista, na coluna Panorama, o mesmo jornalista informa que um assessor de Barbosa fez consultas sobre os benefícios a que ele teria direito caso se aposentasse prematuramente – em mais um sinal de que será candidato à presidência da República."
    Fonte: http://saraiva13.blogspot.com.br/2014/02/marco-aurelio-lanca-barbosa-presidencia.html
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.